Como escolher o nome da sua empresa: 5 ótimas dicas!

Entre todas as decisões importantes para o empreendedor uma das principais  é a escolha do nome. Colocar um nome errado pode ser, um problema para a consolidação da sua marca, é preciso otimizar as buscas pelo seu produto até fechar os negócios com clientes parceiros.

De todos os elementos, documentações e decisões necessárias de uma jornada de como abrir uma empresa, provavelmente o nome, como já falado anteriormente, é uma das tarefas mais difíceis de executar. Hoje, somente em nosso país existem um pouco mais de 18 milhões de empresas. Imagine criar algo que não existe? Porém, não se preocupe, iremos ajudar você cumprir esta difícil tarefa.

O que pode ser considerado “um nome errado”? Esta resposta é simples de responder, aquele que não tem apelo entre os consumidores, que é difícil de pronunciar ou soletrar, também aquele nome que parece muito com o nome das concorrentes.  É realmente difícil, disso nós sabemos, porque existem vários questionamentos em relação a essa tarefa de escolher o nome do seu negócio. Alguns questionamentos são: “Será que meu negócio será regional, nacional ou internacional?” ou até mesmo “Coloco um nome em português ou inglês?”

Anote estas 5 dicas de como escolher um nome para seu negócio:

1. Posicione sua marca. Deixar claro a que sua empresa se dedica pode ser a chave para a escolha de um nome simples e funcional.

2. Estabeleça uma relação emocional com o consumidor. Nomes que podem ser associados a sensações ou que remetem a alguma experiência do cliente têm maiores chances de criar engajamento com a empresa. É o caso da Kodak, cujo nome remete ao funcionamento do obturador das máquinas fotográficas e pode ser pronunciado em qualquer idioma.

3. Seja criativo. Nomes como Google, Yahoo e Submarino são exceções no mercado quando se pensa em objetividade, mas ao mesmo tempo possuem qualidades que precisam ser levadas em consideração: pronúncia simples e exclusividade. Palavra curta também é um ponto positivo na escolha.

4. Procure não ser só mais um na lista de nomes do seu segmento. No caso da aviação internacional é comum que os nomes das companhias sejam muito parecidos, como é o caso de American, Southwest e Alaska Airlines. No Brasil, a tendência é outra e contribui para a formação da identidade das marcas.

5. Considere quais plataformas vai usar. Por fim, não esqueça de verificar a disponibilidade de usar um domínio na web para o seu novo negócio e saiba como otimizar o seu site a partir da URL escolhida. Pensar nisso pode fazer toda a diferença na hora de facilitar as buscas dos seus consumidores online.